ATENTADO A BOLSONARO : O LEGADO DE “ÓDIO” DA ESQUERDA BRASILEIRA

ATENTADO A BOLSONARO : O LEGADO DE “ÓDIO” DA ESQUERDA BRASILEIRA

O atentado à vida de Jair Bolsonaro, candidato líder das pesquisas, não é inédito. Na campanha de 1930, o candidato a vice de Getúlio Vargas, João Pessoa, foi assassinado a tiros — um dos fatos que levaram à Revolução que pôs Getúlio no poder.

Passava pouco das 15h, ontem, e Jair Bolsonaro era carregado nos braços de eleitores pelas ruas de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, quando recebeu a facada.

Porque as veias e artérias na região da barriga costumam sangrar para dentro, enchendo a cavidade abdominal, não houve inicialmente sinal de como havia sido grave. As primeiras informações sugeriam um corte superficial. Não foi. Bolsonaro chegou por volta das 15h40 à Santa Casa da cidade. Estava em choque, perdera muito sangue, a pressão arterial foi ao chão.

Ao abrir o abdome em cirurgia, o sangue era tanto que os médicos chegaram a temer que o fígado tivesse sido atingido. Não aconteceu. Mas uma veia grande foi cortada, assim como cortou na parte superior o intestino grosso, permitindo que fezes escorressem pelo espaço.

É sério quando ocorre, pois amplia em muito o risco de contaminação. Foi retirado o sangue e o candidato recebeu transfusões. Limpou-se a cavidade o quanto deu e, na região do corte intestinal, Bolsonaro recebeu uma colostomia. É temporária, para permitir a cicatrização.

O ex-capitão ficará entre uma semana e dez dias internado. Pelo menos. A colostomia, bolsa externa para colher fezes e gazes intestinais no período de recuperação, vai impedi-lo de fazer o tipo de campanha ativa à qual está acostumado. A eleição é no dia 7 de outubro. Falta um mês.

O AUTOR DO ATENTADO

O esfaqueador é Adélio Bispo Oliveira, de 40 anos. A polícia o prendeu imediatamente, quando a multidão iniciava um linchamento. Na delegacia, ele confessou o crime, com argumentos confusos.

“O motivo do intento se deu por motivos pessoais os quais não iríamos entender”, registra o boletim de ocorrência. “Disse também em certos momentos que foi a mando de Deus.” Formado em pedagogia, Adelio trabalhava como garçom de acordo com seus advogados. Distante da família, foi filiado ao PSOL entre 2007 e 14.

Em seu perfil no Facebook, questiona se Lula pode ‘mudar de atitude’ embora se engaje na campanha Lula Livre. Faz uma ligação entre o senador mineiro Aécio Neve e a Maçonaria — a Maçonaria, aliás, é uma obsessão. E se mostra simpático ao Cabo Daciolo.

Um segundo homem foi detido em conexão com o crime, mas não há detalhes ainda.

Redação com Canal do Meio

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias

COVID-19| TESTES RÁPIDOS ADQUIRIDOS PELO MUNICÍPIO CHEGAM EM RONDNÓPOLIS

A Prefeitura Municipal De Rondonópolis, adquiriu 20 mil testes rápidos para detecção de Covid-19 – Anticorpos IGG e IGM. Os primeiros lotes de testes chegaram nesta terça-feira (21) e estarão

Notícias 0 Comentários

DILCEU ROSSATO SERÁ O CANDIDATO DO PSL DE BOLSONARO AO GOVERNO DE MT

O Partido Social Liberal (PSL) pretende lançar o agricultor Dilceu Rossato para disputar o Governo de Mato Grosso nas eleições deste ano. A informação veio depois que Rossato decidiu aceitar

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

Polícia Comunitária participa de roda de conversa sobre violência contra mulher em Rondonópolis

A Coordenadoria de Polícia Comunitária da Polícia Judiciária Civil, por meio do projeto social “De Bem Com a Vida”, participou na segunda-feira (04.11), de uma roda de conversa com universitários

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta