ATÉ UM “MANÉ” É MELHOR GESTOR QUE TAQUES

ATÉ UM “MANÉ” É MELHOR GESTOR QUE TAQUES

Uma mistura de “improvável com inacreditável” aconteceu na Prefeitura de Cuiabá, sob o comando da gestão Emanuel Pinheiro. Na última quarta-feira (28), os servidores municipais tiveram o recebimento antecipado de seus salários do mês de março, que inclui o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA). Para que pudessem desfrutar do feriado de páscoa com tranquilidade.

Enquanto isso no Palácio Paiaguás e na Assembleia Legislativa, servidores ficam sem salários, e irão receber, novamente, com atraso. A novela se aplica aos fornecedores dos dois Poderes, muitos estão sem receber há, pelo menos, um ano.

Apesar de Emanuel Pinheiro ter seu nome envolvido em um escândalo que todos já conhecem e enfrentar um desgaste junto à Câmara Municipal, diante de uma CPI por um caso ocorrido ainda quando era deputado, o Prefeito tem feito o dever de casa. Emanuel tem feito aquilo que Pedro Taques e Eduardo Botelho não estão conseguindo fazer.

Em outras palavras Botelho e Taques perdem para Emanuel Pinheiro em gestão. Os dois juntos não dão um!
A falta de gestão do governo de Mato Grosso e da Assembleia Legislativa e tão grande que até o Emanuel Pinheiro, com menos experiência administrativa, tem conseguido “dar um baile” em Taques e Botelho. Em tempo, Taques e Botelho vivem uma relação de amor e ódio há muitos meses, mas esse tema poderá ser tratado em outra matéria.

Lembrando o ditado popular “em terra de cego, quem tem um olho é rei”. Estamos vendo um reinado inesperado de Emanuel Pinheiro.

Com tanta incompetência de gestores conduzindo a máquina pública, até um “Mané” tem conseguido se destacar.

Marreta Neles!

Compartilhe: