Aliança não usará fundo partidário em 2022, promete Bolsonaro

Aliança não usará fundo partidário em 2022, promete Bolsonaro

Ao falar da possível sanção ao fundão de R$ 2 bilhões para 2020, Bolsonaro fez promessa sobre a Aliança pelo Brasil.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta quinta-feira (9), que se o fundão eleitoral para 2020 for sancionado, o seu futuro partido, Aliança pelo Brasil, não usará os recursos nas eleições de 2022.

Durante transmissão ao vivo no Facebook, Bolsonaro afirmou:

“Deixo bem claro que, mesmo que seja sancionado o fundão, o partido novo em 2022 não vai ter fundo partidário. Uma parte do meu ex-partido que brigou pelo fundão. Quem usar o fundão em 2022, vai ser complicado, porque vai ter que prestar conta de 15 em 15 dias.”

Na opinião do chefe do Executivo, quem usar a verba vai perder voto. Bolsonaro ainda ressaltou que “não acha certo” usar dinheiro público:

“Ao usar o fundo partidário, fazer santinho… Vai ser o tiro pela culatra, vai perder voto. […] Não acho certo usar dinheiro público. No meu caso, me elegi presidente sem fundo nenhum. Os R$ 4 milhões foram fruto de doações.”

Exata News

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Política

Delegado Claudinei participa de assinatura do início das obras do anel viário de Rondonópolis

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) participou na tarde de quinta-feira (12), juntamente com o governador Mauro Mendes (DEM), deputados e outras autoridades, da assinatura da Ordem de Início de Serviço

Política

PODEMOS LANÇA INSPETOR DA PRF COMO CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL

No último domingo (05) foi realizada a convenção do partido Podemos, em Cuiabá. Na ocasião foram anunciados os candidatos aprovados pelo partido para concorrer às eleições 2018. No total foram

Política

Selma Arruda nega ser contra servidores, mas não negou sua “ajuda” ao PSOL

A ex juíza Selma Arruda, pediu aos eleitores para ficarem alertas para a apresentação de denúncias falsas e ‘Fake News’ nesta reta final da campanha. De acordo com ela, a