Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil “Agressão a profissionais de imprensa é inaceitável”, diz Ministro da Defesa

“Agressão a profissionais de imprensa é inaceitável”, diz Ministro da Defesa

 O Ministério da Defesa soltou uma nota em resposta indireta à afirmação de Bolsonaro, no domingo, de que teria o apoio das Forças Armadas.

“As Forças Armadas cumprem a sua missão Constitucional”, diz o texto. “Marinha, Exército e Força Aérea são organismos de Estado, que consideram a independência e a harmonia entre os Poderes imprescindíveis para a governabilidade do País.

As Forças Armadas estarão sempre ao lado da lei, da ordem, da democracia e da liberdade.”

Nota oficial do Ministro da Defesa

Brasília, 04/05/2020 –As Forças Armadas cumprem a sua missão Constitucional. 

Marinha, Exército e Força Aérea são organismos de Estado, que consideram a independência e a harmonia entre os Poderes imprescindíveis para a governabilidade do País.

A liberdade de expressão é requisito fundamental de um País democrático. No entanto, qualquer agressão a profissionais de imprensa é inaceitável.

O Brasil precisa avançar. Enfrentamos uma Pandemia de consequências sanitárias e sociais ainda imprevisíveis, que requer esforço e entendimento de todos.

As Forças Armadas estarão sempre ao lado da lei, da ordem, da democracia e da liberdade. Este é o nosso compromisso.

Fernando Azevedo e Silva
Ministro de Estado da Defesa

Talvez você também goste

Polícia 0 Comentários

PROFESSOR ESFAQUEIA DIRETORA EM MT

O professor Cleiton Gomes da Silva de 45 anos, da Escola Municipal Daniel Paulista de Campos em Rondonópolis MT. Na manhã desta sexta-feira (29) esfaqueou a diretora Rosileide Vaz da

VIVO TEM PROBLEMAS EM MT/MS/GOIAS E BRASÍLIA

Nestes últimos 12 dias a cidade de Rondonópolis MT, vem sofrendo o descaso da operadora VIVO que por sua vez continua não prestando os serviços de qualidade e ainda cria

São Paulo inicia vacinação contra febre amarela

A prefeitura de São Paulo fará vacinação contra febre amarela em postos volantes este mês. Terminais de ônibus, estações de trens e Metrô, além de locais de grande circulação na