AGORA É LEI: IPVA E MULTAS PARCELADOS EM 12 VEZES NO MT

AGORA É LEI: IPVA E MULTAS PARCELADOS EM 12 VEZES NO MT

Lei será sancionada nos próximos dias pelo Governador de MT

Com pouco mais de 100 dias de mandato, o deputado estadual Silvio Fávero (PSL) se destaca pela excelente articulação de suas demandas ao governo de Mato Grosso.

Ele consegui transformar em lei, um projeto de sua autoria que estabelece o parcelamento em até 12 vezes; o IPVA e multas de trânsito no estado.

Segundo apurou a reportagem, o governador Mauro Mendes (DEM) vai sancionar a lei que será publicada no diário oficial nos próximos dias. O deputado convenceu o governador com fortes argumentos, de que é possível um aumento de receita se houver maior flexibilidade de pagamento para os contribuintes.

Com a lei em vigor os débitos poderão serem pagos em até 12 vezes no cartão de crédito. No entanto não será atingido pela lei, os débitos que estão em dívida ativa, e as multas aplicadas por órgãos que não seja o Detran-MT.

“Acredito que o estado deva fornecer meios para facilitar a vida do contribuinte que almejam quitar suas dívidas, por isso a importância e urgência da lei”. Destacou o parlamentar.

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias

Prefeitura entregou cerca de 7 mil títulos de propriedades em Rondonópolis

A Prefeitura de Rondonópolis tem promovido o maior programa de regularização de moradias da história do município, a administração já superou a meta e chegou a praticamente sete mil títulos

Polícia 0 Comentários

Ordem de facção para executar ex-jogador partiu de dentro de presídio

Quatro pessoas acusadas pelo homicídio de um ex-jogador de futebol tiveram mandados de prisão cumpridos pela Polícia Civil, em inquérito policial da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa

Política 0 Comentários

EFEITO DELAÇÃO: BARRETO E ALEXANDRE RESPONDERÃO A PROCESSO ADMINISTRATIVO DISCIPLINAR

  A Procuradoria-Geral e a Controladoria-Geral do Estado vão analisar a conduta dos servidores Alexandre Cesar, procurador do Estado, e Jota Barreto, fiscal de tributos. Ambos foram deputados na gestão

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta