A VOLTA DO CAPITÃO ARGEMIRO AO SETRAT

A VOLTA DO CAPITÃO ARGEMIRO AO SETRAT

Nos próximos dias, minutos ou segundos o capitão da reserva, professor e ex- secretário Municipal de Transporte e Trânsito Argemiro Ferreira, deverá aportar novamente na Setrat.

O prefeito de Rondonópolis Zé Carlos do Pátio, sabedor que é de que a secretaria esta indo ao naufrágio devera fazer mudanças, e o nome de Argemiro que inclusive já foi convidado pelo prefeito, mas em um primeiro momento teria recusado, deve enfim aceitar o convite.

O trânsito de Rondonópolis, respira por aparelhos neste momento com vários problemas e isso tem sido uma dor de cabeça para a gestão municipal.

Assim Argemiro que apesar de seu jeito excessivamente firme e para algum mal humorado (provavelmente herdados de sua carreira militar), surge como a solução para enfim dar um descanso as críticas contundentes que o prefeito vem recebendo da população quanto aos problemas do trânsito da cidade.

Argemiro Ferreira em sua primeira passagem em 2013, por indicação do PSDB, com seriedade e ousadia programou projetos polêmicos como a garantia do tráfego seguro, implantou semáforos modernos, com sincronismo e monitoramento on-line, a instalação de radares e avanços semafóricos, programou também o Pátio e o Rotativo Rondon todas essas medidas impopulares, que, no entanto melhoraram o trânsito e contribuíram para a diminuição do número de acidentes.

O aeroporto não ficou de fora, e foi dele a iniciativa de credenciar o aeroporto para proporcionar maior numero de voos e permitir com a implantação de aparelhos Papi e RNAV a segurança aos pousos e decolagens com aeronaves de grande porte. Pavimentou a pista de acesso do caminhão de bombeiros e diminuiu o tempo de resposta em caso de alguma emergência.

Mesmo sendo um” Osso duro de Roer “por não aceitar intimidações em qualquer área, há alguns dias as redes sociais têm recebido mensagens de# volta Argemiro, que tem repercutido em todos os bate papos da cidade.

Por enquanto Marreta Neles, ou melhor, volta Argemiro, a Marreta a gente deixa para quando ele assumir…

 

 

 

Compartilhe: