PSC LANÇA “BALÃO DE ENSAIO” E DEVE APOIAR PIVETTA.

PSC LANÇA “BALÃO DE ENSAIO” E DEVE APOIAR PIVETTA.

Esse lançamento, aos “45 do segundo tempo”, na verdade, pode ser um “balão de ensaio” para fortalecer uma futura composição do PSL, PSC e PDT de Pivetta, em Mato Grosso.

O proprietário da Suinobras foi lançado pré-candidato ao governador do MT nesse sábado (09).
O que levanta as suspeitas de uma articulação nos bastidores foi a Presença de Renata Viana, chefe de gabinete, assessora e braço direito de Zeca Viana, do PDT. Renata fez selfie e postou no Instagram.

Renata Viana -Foto: Instagram

A reunião do PSC em Mato Grosso contou com a presença do Presidente Nacional do PSC, o Pastor Everaldo Pereira.

Com essa movimentação,o PSC demonstra estar alinhado ao PDT de Zeca Viana e Pivetta.

A cúpula do PSL também passou pela reunião. E, nenhum governista ligado diretamente ao governador Pedro Taques esteve presente.

A Pré-candidatura de Reinaldo pode ser uma estratégia de Xuxu Dalmolin para fortalecer a legenda nesse momento, para que o partido possa ter musculatura para efetivar uma composição mais à frente. Ponto para o Pivetta que pode sair fortalecido dessa articulação.

A Estratégia foi desvendada pelos olhos atentos do Marreta Urgente.E, muito provavelmente não passou despercebido pelo Governador Pedro Taques.

A Articulação de uma chapa de oposição começa a surgir de verdade. Após Rossato desistir por não conseguir decolar em sua pré-candidatura, as movimentações se intensificam. Afinal ninguém que mais perder o bonde da história.

O Paranaense Reinaldo Moraes construiu um império no ramo da suinocultura e avicultura. Até mesmo, escreveu livro “Segredos de Pai para Filho”, onde conta parte da sua trajetória de sucesso e superação. A obra ficou por semanas entre os títulos mais vendidos da Revista Veja e da PublishNews.

Com empreendedorismo, perseverança e coragem. Ele tem a intenção de fazer parte da construção de um projeto por Mato Grosso, agora como líder maior do executivo estadual. Ou será que virá ao Senado, vice-governador, ou até como Deputado Federal?

Pelo menos é o que o PSC através do presidente nacional Pastor Everaldo Pereira espera no Estado, que o PSC ultrapasse a cláusula de barreira, eleja um Federal, pelo menos. Com a saída de Victório Galli do partido do Everaldo Pereira, a preocupação se voltou em eleger um federal para o partido não perder o fundo partidário.

O PSC também articula lançar Paulo Rabello de Castro, ex-presidente do BNDES como candidato à presidência da república em 2018.

Reinaldo deixa seu ambiente empresarial para arriscar alguns passos na política. Que assim seja!

Por enquanto Marreta Neles!

Compartilhe: