Projeto Carne na Mesa avança com ações para o Vale do Guaporé

Projeto Carne na Mesa avança com ações para o Vale do Guaporé

Com recursos garantidos para quase dois terços da meta de 2 mil famílias, o projeto Carne na Mesa entra na fase final da primeira etapa de entrega dos kits de carne bovina às famílias cadastradas em Rondonópolis, desta forma, o projeto volta suas atenções ao Vale do Guaporé, na região oeste do estado, especialmente nas cidades de Araputanga, Mirassol D’Oeste e Pontes de Lacerda.

O projeto Carne na Mesa, encabeçado pela Nutripura e com a parceria de pecuaristas e empresas, entra agora na fase de ampliação das doações e preenchimento de novos cadastros na nova região de atuação.

O perfil prioritário consiste nos quesitos: Chefe de família (pai ou mãe) desempregado, autônomo, trabalhador informal ou profissional liberal; renda mensal per capita menor que R$ 522,50 (1/2 salário mínimo); famílias com mais de quatro pessoas; pessoas pertencentes ao grupo de risco (pessoas com mais de 60 anos, diabéticos, hipertenso, etc). A validação da real necessidade dos selecionados está sendo feita através de uma equipe dedicada da Nutripura, utilizando informações obtidas junto ao Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).

O cadastro de pessoas físicas e jurídicas para doações e das famílias a serem agraciadas pelo projeto Carne na Mesa pode ser realizados pelo site www.carnenamesa.com.br.

Assessoria

Talvez você também goste

Mato Grosso

Secretaria de Saúde de Lucas do Rio Verde confirma óbito por dengue

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio da Secretaria de Saúde, esclarece que o exame confirmou o óbito da jovem luverdense por dengue grave. Ela faleceu no último dia

Polícia 0 Comentários

Gaeco prende sargento que acobertou grupo de extermínio

O sargento da Polícia Militar (PM) Berison Costa e Silva foi preso, na manhã deste sábado (24), pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), por envolvimento em

Esportes

Valdir Espinosa morre aos 72 anos

Valdir Espinosa teve passagens marcantes por Botafogo e Grêmio como treinador Morreu na manhã desta quinta-feira o coordenador técnico do Botafogo, Valdir Espinosa, aos 72 anos. O ex-treinador estava internado há