O GLOBO MENTE E PERSEGUE GALLI

O GLOBO MENTE E PERSEGUE GALLI

Numa clara demonstração de perseguição aos deputados que lutam contra a corrupção e valores morais, em uma sistema que insiste em inverter valores da moral e da ética, o jornal o GLOBO utilizou um método nada ético e divulgou que o parlamentar teria, enquanto participava de uma sessão na Comissão de Agricultura, assistido uma partida de futebol pelo celular.

Na matéria, tendenciosa, O Globo tentou ainda associar o caso ao Cesar Halum (PRB-TO) que teria sido flagrado mostrando foto de mulher seminua a um colega na Comissão da Agricultura na última segunda-feira (26).

É de conhecimento que as organizações Globo prestam um desserviço para a nação onde vários de seus meios de comunicação: sites, jornais, rádio e TV atacam os padrões da sociedade e da família cristã. Os ataques ocorrem por meio de sua programação, novelas e programas de entretenimento fazendo apologias às políticas pró-aborto, desarmamentismo ideológico da população civil, ideologia de gênero nas escolas, tentativas recorrentes de extinção das polícias militares, políticas de saúde e de segurança pública favoráveis ao consumo de drogas e ataques diretos ou indiretos às tradições e valores cristãos.

O objetivo tem sido, há muitos anos, perseguir e destruir a imagem do presidenciável Jair Bolsonaro(PSL-RJ ) e dos deputados federais; Victório Galli (PSL-MT) e, Marco Feliciano (PODE-SP), “custe o que custar”.

Segundo matéria FALSA veiculada no site O Globo, enquanto o deputado Cesar Halum (PRB-TO) olhava fotos em seu celular, o deputado Victório Galli (PSL-MT) estaria assistindo,
ao vivo, o jogo entre Portugal e Irã pela Copa do Mundo. A reportagem do O Globo afirmou que teria tentado contato com o deputado Victório Galli que não teria retornado as ligações. O parlamentar nega qualquer ligação para seu celular da redação de O Globo.

A verdade é que “O Globo mentiu”. A reportagem não efetuou qualquer contacto com o deputado Galli, para qualquer esclarecimento.

A nossa redação, o parlamentar mato-grossense afirmou que estava ouvindo uma mensagem de áudio da equipe e outra de um apoiador da região norte quando fotografam seu celular, em um dado momento durante a sua participação na Comissão.

Galli afirmou ainda que repassava diversas notícias, algo comum e dentro da normalidade, como qualquer cidadão ou parlamentar.

“O celular do parlamentar não tem TV e a internet dentro da Câmara é ruim para poder ver vídeos. E, Galli nem assiste jogo. Globo produziu mais um Fake News contra um parlamentar de direita. O Globo e a imprensa nacional estão atacando os deputados da comissão”, disse a assessoria do deputado Galli, por meio de nota.

Galli é um dos campeões nacionais de assiduidade na câmara. E, ficou surpreso com a maldade praticada pelo O Globo.

“Os Cristãos e Defensores da direita conservadora não fogem aos temas polêmicos e representam efetivamente uma oposição definitiva aos temas da agenda esquerdista brasileira. Realizando um enfrentamento contra o marxismo cultural no Brasil. E, isso tem incomodado setores da imprensa de inclinação para a esquerda”, afirmou Galli.

A assessoria do parlamentar Galli, fez um estudo da foto publicada no Site O Globo. E, fizeram uma aproximação das informações contidas na tela do celular e ficou comprovado que não se tratava de vídeo, confirmando que o parlamentar não estava assistindo jogo da Copa. A captura da tela mostra uma imagem fixa, estática, pois possui um “X” para fechamento da imagem, após sua visualização. Ficando comprovada a versão do parlamentar e a mentira pregada pelo site O Globo, numa típica atitude “Fake News” e de perseguição aos apoiadores de Bolsonaro.

Marreta Neles.

A captura da tela mostra uma imagem fixa, estática, pois possui um “X” para fechamento da imagem, após sua visualização.

Compartilhe: