MORO E BOLSONARO CONVERSAM NESTA TERÇA SOBRE MINISTÉRIO

MORO E BOLSONARO CONVERSAM NESTA TERÇA SOBRE MINISTÉRIO

O juiz Sérgio Moro desembarca hoje, no Rio de Janeiro, e se reúne com o presidente eleito Jair Bolsonaro às 9h30. Foi convidado para assumir um Ministério da Justiça ampliado. Além de suas funções atuais, estarão abaixo do novo ministro as funções da pasta de Segurança Pública, hoje comandadas por Raul Jungmann, a Secretaria da Transparência e Combate à Corrupção, a Corregedoria Geral da União e o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras, hoje na Fazenda.

Segundo Sonia Racy, no Estadão, Moro dirá que aceita o convite. Gerson Camarotti, mais cauteloso, sugere que não é tão simples assim. Ele teria de pedir exoneração do cargo de juiz. Além disso, quer entender se está em sintonia com o futuro chefe. O juiz gostaria de fazer uma ação forte na área de combate à corrupção e também de combate ao narcotráfico. E, ao mesmo tempo, barrar movimentos políticos para inibir avanços conquistados na Operação Lava Jato.

O que fica em suspenso é o destino da 13ª Vara Federal de Curitiba — e, com ela, o futuro da Operação Lava Jato. No primeiro momento, ocuparia o lugar de Moro sua juíza substituta, Gabriela Hardt. Mas, depois, a vaga seria disputada por qualquer juiz de Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul que a deseje. Em geral, o critério de decisão é por quem está há mais tempo no cargo.

Redação com Canal do Meio

Compartilhe: