Júlio da Power, vítima de um atentado na última campanha, retorna ao cenário político

Júlio da Power, vítima de um atentado na última campanha, retorna ao cenário político

O suplente de vereador por Cuiabá, Júlio da Power, confirmou sua pré-candidatura à Câmara dos Deputados.

Júlio disputará uma vaga nas eleições de outubro pelo partido “Avante”. O pré-candidato a deputado federal protagonizou uma tragédia nas últimas eleições. Em 28 de setembro de 2016, Júlio da Power e seu pai Custódio Alves (58 anos) participavam de uma reunião em uma praça do Bairro Sol Nascente, em Cuiabá, quando foram assaltados.

Na ação, Custódio Alves foi assassinado, Júlio foi atingido e passou por cirurgia, na ocasião. Uma criança de 12 anos e uma mulher também foram baleadas.

O assassino do pai de Júlio da Power foi condenado a 23 anos e 4 meses de prisão, em regime fechado, por latrocínio (roubo seguido de morte) e dupla tentativa de homicídio, no ano de 2017.

Júlio da Power ficou como suplente de vereador e chegou a assumiu como vereador da capital mato-grossense, ocupando a vaga do Vereador e colega de partido, Juca do Guaraná Filho (Avante)

Com informações de A Fonte MT

Compartilhe: