Fábio Cardozo acompanha andamento de projeto de pavimentação asfáltica na rua Alameda das Rosas

Fábio Cardozo acompanha andamento de projeto de pavimentação asfáltica na rua Alameda das Rosas

O primeiro secretário da Câmara, vereador Fabio Cardozo (PDT), esteve na Secretaria Municipal de Infraestrutura, com o secretário Nafez Antônio Daud nesta tarde (04), para acompanhar o andamento do Projeto de Pavimentação Asfáltica da Rua Alameda das Rosas.

Durante a visita foi apresentado o projeto de pavimentação da Rua Alameda das Rosas que é umas das vias de acesso ao bairro Sagrada Família. A solicitação vem sendo cobrada pelo vereador Fábio Cardozo há muito tempo e em breve será iniciada, o projeto agora segue para os trâmites legais para posteriormente ser iniciada. A obra está orçada em R$ 87.637,86.

Um novo auxílio a todos que moram e trafegam pela região, facilitando a entrada e saída dos moradores da Colina Verde, Sagrada Família, Coophalis, Jardim Mato Grosso e outros bairros, que contam hoje praticamente apenas com uma saída, a rotatória próxima ao residencial Mariela.

O novo cruzamento será feito por meio da implantação do sistema semafórico e possibilitará para quem vem dos bairros da região da Colina Verde acessar a rua Dom Pedro II, sem precisar se deslocar até a rotatória do Residencial Mariela, que costuma ficar congestionada, principalmente nos horários de pico.

“Destaco a importância dessa obra para aquela região, pois com a pavimentação o fluxo intenso de veículos que hoje passa pela rotatória próxima ao residencial Mariela, poderá usar essa via alternativa para ter acesso aos bairros, oferecendo mais segurança aos usuários, evitando assim os congestionamentos”, ressaltou o vereador.

O parlamentar tem cobrado ainda melhorias para o bairro Sagrada Família que hoje passa por inúmeras dificuldades de locomoção por conta da situação das ruas. “Muitas moradores tem nos procurado para que possamos cobrar melhorias para o bairro que carece principalmente de pavimentação asfáltica. Entendo a situação dos moradores, muitos não estão conseguindo entrar em casa. É revoltante!”, ressaltou o vereador.

Compartilhe: