DOIS MORTOS NA TENTATIVA DE INVASÃO DA FAZENDA DE RIVA E SILVAL EM COLNIZA- MT

DOIS MORTOS NA TENTATIVA DE INVASÃO DA FAZENDA DE RIVA E SILVAL EM COLNIZA- MT

Um tiroteio na manhã deste sábado (5) deixou pelo menos dois mortos e sete pessoas feridas na fazenda que pertence ao ex-governador Silval Barbosa e ao ex-deputado estadual José Riva, localizada no município de Colniza (a 1.077 km de Cuiabá).

De acordo com informações da Polícia Civil, o conflito armado ocorreu entre os seguranças da Fazenda Bauru (antiga Fazenda Magali) e supostos membros do Movimento Sem-Terra que estariam tentando invadir a propriedade.

Segundo informações da Polícia Militar de Colniza, uma viatura da PM se deslocou para a fazenda às 8 horas da manhã e ainda está no local para o registro e acompanhamento da ocorrência.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência também está no local para o atendimento dos feridos, que devem ser transferidos para um hospital em Juína.

A Polícia Civil afirma ainda que foi pedido reforço da Gerência de Operações Especiais (GOE), da Polícia Civil, Ciopaer, da Secretaria de Segurança Pública e peritos da Politec de Cuiabá para realizar os trabalhos de local de crime e necropsia.

Entenda o caso

Em outubro do ano passado, um grupo de aproximadamente 200 pessoas ocupou a Fazenda Agropecuária Bauru, de 110 mil hectares.

O Ministério Público alertou o risco de conflito armado devido ao clima de tensão, já que 30 seguranças privados contratados por Riva estavam se deslocando para a fazenda.

Diante da situação, o MPE comunicou novamente as autoridades competentes reiterando providências, pois havia a possibilidade de um confronto entre posseiros e seguranças.

De acordo com o MPE, a Fazenda Agropecuária Bauru vem sofrendo invasões desde o ano 2000 e , após a reintegração de posse ocorrida em 2017, as ameaças se intensificaram até culminar com a invasão do grupo que tomou as terras à força.

Redação com Midia News

Compartilhe: