DIRETORA DE ESCOLA É PRESA POR FAZER SEXO COM ALUNO EM CUIABÁ

DIRETORA DE ESCOLA É PRESA POR FAZER SEXO COM ALUNO EM CUIABÁ

A diretora de uma escola da Rede Pública Estadual teve o mandado de prisão temporária cumprida pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), nesta quinta-feira (01.02). A suspeita, M.L.R.S., 45 anos, é acusada de promover festas e fornecer bebidas alcoólica a adolescente e de manter relacionamento com aluno menor de idade.

A diretora poderá responder pelos crimes de estupro de vulnerável, fornecer bebida alcoólica a menor de idade e entrega de veículo a pessoa não habilitada. As investigações realizadas pela Deddica com apoio do Núcleo de Inteligência da Regional de Cuiabá iniciaram após denúncias anônimas relacionadas a ações da suspeita.

De acordo com as informações, a diretora mantém um relacionamento amoroso com um dos alunos da escola, atualmente com 15 anos de idade, porém os fatos aconteceriam há mais de dois anos.

PRAÇA DA MANDIOCA

A diretora também é acusada de levar alunos da escola para bares, inclusive na Praça da Mandioca, ocasião em que fornece e paga bebidas alcoólicas para os menores de idade.

Pesa ainda contra a diretora a suspeita de entregar a direção do seu veículo a adolescentes, os quais já chegaram a escola conduzindo o automóvel da suspeita, com ela no banco do passageiro. De acordo com o delegado, Daniel Lemos Valente, a diretora é apontada como responsável por promover festas em sua casa, regadas a álcool com a participação de alunos.

“As festas eram similares a bailes funks, com som alto, e geravam reclamações de moradores e vizinhos. As denúncias estão sendo investigadas em inquérito policial e as apurações iniciais estão confirmando os fatos”, destacou o delegado.

Fonte: Folha Max

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Polícia 0 Comentários

Polícia Federal deflagra operação que combate lavagem de ativos em Alagoas

Brasília/DF – A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (11/10), nas cidades de Maceió/AL e Curitiba/PR, a Operação Arremate com o objetivo de combater um esquema de lavagem de capitais

Polícia

Pastor mantém esposa refém por 12h e transmite agressões ao vivo na internet

Um pastor evangélico de 40 anos foi preso na cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, após torturar e fazer a esposa de refém por 12 horas, chegando

Notícias 0 Comentários

CARLOS NAVES REBATE EMPRESÁRIO SOBRE SAÍDA DO PV

O presidente do diretório municipal do Partido Verde em Rondonópolis, o Advogado, Carlos Naves, enviou uma nota ao Marreta Urgente explicando a posição do PV em relação a provável saída

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta