Controlador Interno de Rondonópolis é eleito presidente da AUDICOM-MT   

Controlador Interno de Rondonópolis é eleito presidente da AUDICOM-MT  

O Controlador (Auditor) Interno da Prefeitura de Rondonópolis/MT, Angelo Oliveira, 38 anos, da chapa AUDICOM + Forte, foi eleito nesta segunda (03/12), o novo presidente da Associação dos Auditores e Controladores Internos dos Municípios de Mato Grosso. O processo de votação iniciou às 7h:00min do dia 01/12 (sábado) e foi encerrado as 23h:59min do dia 02/12 (domingo).

A chapa AUDICOM + Forte, única inscrita na eleição, obteve 100% dos votos válidos, sendo eleita por unanimidade.

Angelo Oliveira vai liderar a entidade, criada em 2014, pelos próximos dois anos (gestão 2019/2020).

“Fico honrado com a escolha feita pelos colegas e reafirmo o compromisso de lutar pelo fortalecimento das prerrogativas e da atuação constitucional dos auditores e controladores internos e do próprio sistema de controle interno, visando o aprimoramento da gestão pública nos municípios mato-grossenses. Obrigado a todos os auditores e controladores internos que acreditaram nesse projeto de união e de construção de uma AUDICOM + Forte. A luta vai continuar”, afirmou o presidente eleito, Angelo Oliveira.

Veja como ficou composta a nova diretoria:

PRESIDENTE
Angelo Silva de Oliveira – Controlador(Auditor) Interno da Prefeitura de Rondonópolis, município com cerca de 228 mil habitantes, localizado na região Sul de MT;

VICE-PRESIDENTE
Alina Ferreira Amaral – Controladora(Auditora) Interna da Prefeitura de Santo Afonso, município com cerca de 3 mil habitantes, localizado na região Oeste de MT;

1º TESOUREIRO
Adriano Garcia da Costa – Controlador(Auditor) Interno da Prefeitura de Santo Antônio do Leverger, município com cerca de 16 mil habitantes, localizado na região Sul de MT;

2º TESOUREIRO
Katia Regina da Silva – Controladora(Auditora) Interna da Câmara Municipal de Apiacás, município com cerca de 10 mil habitantes, localizado na região Noroeste de MT;

SECRETÁRIO GERAL
Lislaine Laurindo – Controladora(Auditora) Interna da Prefeitura de Campo Verde, município com cerca de 42 mil habitantes, localizado na região Leste de MT;

DIRETOR DE ÉTICA
Eloir Luiz Padilha – Controlador(Auditor) Interno da Prefeitura de Bom Jesus do Araguaia, município com cerca de 6 mil habitantes, localizado – Região Nordeste de MT;

DIRETOR GERAL
Jonathan da Silva Telles – Controlador(Auditor) Interno da Prefeitura de Ipiranga do Norte, município com cerca de 7 mil habitantes, localizado na região Norte de MT.

A AUDICOM-MT Entidade representativa dos Auditores e Controladores Internos dos Municípios de Mato Grosso é uma associação civil com personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com sede em Cuiabá, que tem como principais finalidades:

I – estimular a unidade dos profissionais, especialistas e estudantes na área de auditoria e controle, a cooperação mútua e o bom relacionamento entre os Associados;

II – defender e representar os direitos individuais homogêneos e coletivos dos seus associados perante autoridades administrativas, judiciárias e políticas, em consonância com os seus princípios e objetivos;

III – garantir e incentivar que os profissionais, especialistas e estudantes da área de auditoria e controladoria, independentemente de localidade, participem da Associação;

IV – servir de Apoio ao acompanhamento e avaliação da atuação dos profissionais da área de controladoria e auditoria;

V – prezar pela impessoalidade, moralidade, eficiência e profissionalismo no exercício das atividades profissionais;

VI – encaminhar aos órgãos de controle externo as demandas ou denúncias que demonstrem indícios de irregularidades na atuação dos profissionais no exercício de sua atividade;

VII – incentivar a aproximação dos associados para permanente intercâmbio de ideias e experiências;

VIII – fomentar, patrocinar e participar de eventos de natureza social, técnica, cultural, acadêmica, recreativa e esportiva que visem ao aprimoramento e à valorização contínua do exercício da atividade;

IX – promover estudos e debates sobre a atividade de controle, bem como formular propostas para o aperfeiçoamento e reconhecimento destas, inclusive perante instituições públicas e privadas;

X – celebrar convênios e parcerias com instituições de ensino a fim de capacitar os profissionais que atuam na área de controladoria do setor público;

XI – expedir orientações técnicas aos profissionais que atuam na área de auditoria e controle;

XII – fomentar, em parcerias junto ao Controle Externo – Tribunal de Contas do Estado, Tribunal de Contas da União, Controladoria Geral dos Estados, Controladoria Geral da União, para fins de estabelecer relacionamentos de parcerias com referidos órgãos com o intuito de melhor capacitar a classe.

Assessoria

Compartilhe: