Bolsonaro pede que adversários abandonem o ódio

Bolsonaro pede que adversários abandonem o ódio

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, postou ontem (2) em sua conta no Twitter, um pedido para que os adversários abandonem o ódio e afirmou que este é um momento de paz.

“Estou vendo muitos derrotados politicamente pregando ódio sem necessidade, relaxem, cultivem o que dizem pregar que a alma fica em paz. Um conselho de quem quer ver todos bem”, twittou.

A agenda do presidente esta semana conta com a resolução de dois futuros ministros, do Meio Ambiente e da Cidadania. Ele viaja à Brasília amanhã (4), se reúne com bancadas do MDB, PRB, PR e PSDB, informa a Agência Brasil.

Agência Brasil.

Compartilhe: